O Festival

     O que há em comum entre o assassinato no banheiro, em “Psicose”, a clássica dança da Pantera Cor-de-Rosa e Marty Mcfly tocando guitarra em “De Volta para o Futuro”? Essas cenas foram eternizadas na história do cinema pela trilha sonora. Valorizar os sons que embalam histórias marcantes é a missão do primeiro festival de cinema de Brasília dedicado ao tema – o Festival Trilha Sonora.

 

      O evento celebra o intenso trabalho de composição de trilhas e cria um ponto de encontro entre as cenas de música e cinema de Brasília, em torno de filmes selecionados por mérito de ambientação sonora.

 

      Neste ano de estreia, a proposta é unir. Por isso a escolha do formato de mostra não-competitiva, com programação diversificada, que oferece um amplo panorama de linguagens musicais. Ainda neste intuito, é importante frisar que toda a programação do festival é gratuita. O acesso livre é também um jeito de demonstrar que o engajamento do público é nossa maior recompensa.

 

      Acreditamos que a música, entre todas as artes, é a que tem a beleza única de não excluir, de ser acessível a todos. O cinema hermético pode não ser totalmente inclusivo, mas até a trilha sonora mais complexa é capaz de emocionar quem a escuta. Isso torna extremante gratificante abrir espaço para sonoridades de diferentes culturas, países e épocas.

 

      Ocupar pontos culturais icônicos de Brasília também é motivo de orgulho para o Festival Trilha Sonora! Somos gratos aos nossos parceiros, Museu Nacional da República, Teatro Brasília Shopping e UnB, que confiaram neste projeto e o apoiaram desde o início.

 

      Esperamos que a ânsia que nos moveu até aqui contagie Brasília e que os filmes sejam assistidos com outros olhos, com mais ouvidos. E “solta o som”!